Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEUS IRMÃOS, MEU PAI E EU?

Quando éramos crianças morávamos eu e mais dois irmãos mais velhos numa fazenda no interior da Bahia. Meu pai e meus irmãos, toda tarde iam tomar banho no rio e sá voltavam à noite. Eu tinha muita vontade de tomar banho com eles, mas eles não deixavam. Um dia resolvi ir escondido atrás deles e o que vi me deixou doido. Meu pai ensaboava o corpo de cada irmão meu com tanto carinho que ambos estavam de pau duro. Meu pai também estava. Num dado momento meu pai passou o sabonete para o meu irmão mais velho e ele ensaboou todo o corpo do meu pai, inclusive o cacete dele que já estava enorme, a cabeça já estava roxa. Depois do sabão os três entraram na água e retiraram a espuma. Meu pai falou: "Deixe-me ver se tá cheiroso mesmo". Ele se abaixou, segurou o cacete enorme do meu irmão e cheirou as bolas e depois a cabeça. Falou de novo: "Vou ver se tem gosto de pau sujo". E pôs a pica do meu irmão na boca. Fez um boquete monumental, meu irmão urrava e puxava a cabeça do meu pai pra engolir mais a caceta e falou: "Vou gozar na tua boca, meu macho tesudo" Ele socou com força o pau na boca do meu pai e gozou soltando vários palavrões. Meu pai cuspiu na água e se virou pro meu outro irmão que já estava saindo da água: "Êpa, mocinho, vou querer tua gala também". Meu irmão disse que não queria. Meu pai foi até ele e cochichou alguma coisa no ouvido dele que não deu pra eu ouvir. Naquele momento eu sentia meu corpo todo tremer de tesão. Então meu pai puxou a cabeça do meu irmão até o pau dele e disse:"Faça igualzinho ao que fiz com teu irmão". E rolou uma cena espetacular: meu pai metia com força na boca do meu irmão, dizia que não era mais pra ter ciúme, que ele também era muito gostoso e que iria trepar com ele o resto da vida. Meu irmão chupava meu pai com muita avidez, parecia querer engolir a vara. Na hora de gozar meu pai avisou e aí foi que ele segurou com mais força as coxas do meu pai e sugou toda a porra. Voltei pra casa correndo e cheguei antes deles. No outro dia segui os três novamente e a putaria rolou de novo. Comecei a desejar ardentemente participar daquela orgia. Mas eles nunca me levavam para o rio. Um dia meu pai veio me dar banho no quintal. Quando ele tocou em mim quase desmaiei e meu pau subiu no ato. Ele riu, pegou no meu pau e falou:"Acho que um dia ele ainda vai crescer" E eu pedi: "cheira ele pra ver se tá limpo". Ele me pegou no colo e cheirou meu pau. Pedi pra pôr na boca pra ver se tinha gosto de pau limpo e ele disse: "Não posso" E eu falei: "Por que meus irmãos o senhor chupa e eu não?" Ele disse que eu era muito criança ainda pra essas coisas e que o meu dia chegaria. Fiquei com muita raiva dele e dos meus irmãos. Estava muito enciumado. Mas não deixei de sempre espionar a transa diária deles. Desde que minha mãe se mudou da fazenda que meus irmãos dormem no quarto dele. Um dia meu pai avisou que viria uma outra pessoa morar com a gente. Era um primo dele. O cara era muito gostoso e desde o primeiro dia em casa percebi que seríamos "bons amigos". Ele brincava muito comigo e em alguns momentos eu dava um jeito de passar a mão no pau dele e ele nunca reagia. Aconteceu somente uma vez, depois de muito eu me mexer no colo dele assistindo a TV. O pau subiu mas ele logo pôs a mão em cima pra ninguém notar e percebi ali o quanto a vara dele era grande. O único quarto disponível na casa era o meu e foi lá que ele passou a dormir toda noite pra minha loucura. O cara sá dormia de cuecas e eu ficava acordado pra ver ele chegar e tirar a roupa. Um dia ele percebeu o quanto eu olhava pra sua mala e começou a mexer nela como quem não quer nada. No outro dia ele mijou e entrou no quarto ainda sacudindo o pau e fingiu que foi sem querer. Eu disse, safadamente, que havia gostado. Ele riu me abraçou e falou que eu era muito novo pra pensar nessas coisas. Contei pra ele do meu pai com meus irmãos e fomos juntos assistir a cena. Ele bateu uma na minha frente vendo aquilo. Na hora de gozar eu pus a mão no pau dele e ele gozou em mim. à noite, já estava dormindo quando ele chegou, deitou do meu lado, cheirava a cerveja, e falou: "Quer perder a virgindade no meu cacete hoje?"

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


dei para um cavalo contos eroticocontos gay dando o cu para o cunhadohistoria quadrinho eroticos de sexo na chuva biestupro lesbica conto erotico 2018Conto picante e real o genocogista da minha mae gay passivoConto amarrada abre mais vadiaPorn contos eroticos funcionaria na lancha do patraoComtos namorada fodida para pagar dividas do namoradocontos eroticos mae e amigoiniciado pelo cowboy conto erotico gayPerereca ou buceta de cunhadacontos eroticos vizinho me pegou shortinhocomendo a empregada contopatrão comeu a buceta da filha da empregada que estava de shortinho cor de pele contos eróticosMeu filho me comeu de chantagio contocontos eroticos incesto minha filha bebada sentada no meu colo de bikinicontos erotico gay negro dando pra brancoConto erotico sou madura greludacontos porno esposas estuprados submissosContos eroticos humilhado seiosUni batendo p****** os malhadãocontos eroticos esposa treina marido voyeurconto erotico encesto.meu pequeno entiado mim comendo enquanto eu dormiaguri gozando na lajeconto erotico corno pinto pequeno castidadecontos de sobrinhas virgenscontos - sobrinha tomando leitenetinha safada adora sentar no colo do vovô contos eroticoscoroa cadela contosfoto da minha sobrinha pimentinha que veio passar o carnaval com o tioPuta desde novinha contosconto erótico de incesto de sobrinha e tio casa de contos sem querer me apaixoneimadrinhas branca da bunda empinadaRelatos de como tive minha primeira relaçao de sexo gay com uma cadela ainda virgem sexo zoofiliacontos eroticos colocar o plug no banheiro da lanchonetecontos de coroa com novinhoconto erotico comia a buceta fedida de merdaContos eróticos fui estuprada no salão de belezaporno conto erotico novinhacontos eroticos de irmã chupando pinto pequeno do irmão novinho de idadecontos de cú de irmà da igrejameu pai me estruprou odiei contos gayhomens velho gay contosTennis zelenograd contoconto eroticos virei esposa do meu irnaocontos minha filha olhou em dandoTennis zelenogradContos incesto novinha calcinhaContos minha doce sobrinha melContos-mamae chupou meu pauMinha irma adolecente taradinha em conto eroticoconto erotico viadinho de shortinho e calcinha com mendingocontos de incestos e orgias com minha cunhada gravida minha irma nudistasesposa e amante volarao a filha drama pornocontos de maes flagando fihos punheteirosNovinha mamando no cinema contoseroticosconto porno filha boquete paiconfesso que meu marido arruma outros homen pra mimeuconfessocunhadahistoria erotica novinha e o velhoconto gay me comeram dormindomenininha conto eroticocontos eroticos com sogro e sograwww.eu aronbei minha sobrinha de doze anos de idadeContos Eroticos Dando a Buceta Pro Meu Vizinho Brennocontos de podolatria sapatilha da excontos eróticos de novinhas dando para garanhõescontos eroticos comi a amiga drogada da minha mulher travesti.coza.com os.dedos no seu cuarregangou as pernascontos de cú de irmà da igrejaconto sexo dei de ladinho qietocontos eroticos novinha coroa ricovideos eroticos de castigadas com muitas palmadashttp://googleweblight.com/?lite_url=http://okinawa-ufa.ru/conto-categoria_2_114_gays.html&ei=e8yqT8MC&lc=pt-BR&s=1&m=564&host=www.google.com.ar&f=1&gl=ar&q=Contos+Fudendo+um+hetero+com+o+cu+sujo&ts=1485672497&sig=AF9Nedkia2TWDM2T0ozn41vBE5bkl1pQLAconto erotico meu primo me comeu na maldadeContos eroticos chamo vitoria dei pro meu cumhadoconto erotico virgem motoristasou crente casada mais sou putaContos sogra medindo o tamanho do pauconto erótico casada primeiro amanteConto homosexuais de enteadosMeu marido que comer outraconto comi a freiraConto erotico tarado roludo adora chupar bucetinha de ninfetinha com cheiro de xixiTia dando o cu para sobrinho garotinho contos eróticos