Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU MARIDO DEIXOU EU TRANSAR COM SEU MELHOR AMIGO2

Meu nome é Carla, tenho trinta anos, sou loura, 1,70 de altura cabelos compridos até os ombros. Tenho seios médios e bunda redondinha e arrebitada. Sou casada há dez anos com Cláudio, um homem maravilhoso a quem amo muito e com quem tenho dois filhos.

Continuando o meu relato anterior, depois que o Adalberto foi embora, O Cláudio, meu marido, chegou e me encontrou dormindo, nua e exausta. Ele me deixou dormir até tarde e quando acordei fez com que eu contasse tudo, em detalhes, como tinha sido a transa. Relutei um pouco no começo, receando ciúmes da parte dele mas cedi a seus apelos e contei tudo em detalhes do que se passou à noite.

Ao contrário do que eu pensava, o Cláudio ficou muito excitado com meu relato, me jogou na cama e me comeu com desejo. Naquele dia descobrimos uma nova fonte de prazer. Descobrimos que o Cláudio sente prazer em ter sua mulher comida por outros homens.

Daquele dia em diante, passamos a fantasiar juntos que outros homens me possuíam e o Cláudio me liberou para ter um caso com outro homem quando eu quisesse, desde que lhe relatasse tudo com detalhes é lágico.

Em decorrência desses acontecimentos me tornei mais vaidosa e frequento a academia 3 vezes por semana e tomo sol à beira da piscina de minha casa todas as manhãs enquanto as crianças estão na escola.

Certa manhã, estava tomando sol, quando percebi que era observada por alguém do sobrado vizinha a minha casa. Notei que era o filho do vizinho, um garoto de 19 anos quem me espiava da janela entre aberta de seu quarto, no andar de cima da casa.

O fato de saber que era desejada por aquele garoto que, provavelmente era virgem, me deixou excitada e passei a fazer poses em direção a sua janela, sá para provocá-lo passava áleo com sensualidade por todo meu corpo e ajeitava o biquíni, etc...

Todas as manhãs era assim, eu me exibia e ele observava.

Certa manhã, como quem não quer nada, ele apareceu no muro pra puxar conversa, e se ofereceu pra limpar a piscina se eu quisesse. Ele é um adolescente de 19 anos, branco, magro, olhos verdes, mais ou menos da minha estatura ,tem o rosto cheio de espinhas e seu nome é Betinho.

Convidei o Betinho pra nadar e ele aceitou sem cerimônias. Colocou uma sunga azul e pulou o muro para o meu lado.

Eu estava usando um biquininho preto bem pequenino. Depois de um mergulho, ficamos conversando sentados à beira da piscina. Seus olhos não desgrudavam de meus seios.

- Será que você poderia passar bronzeador em minhas costas?- Falei, maliciosa. Seus olhos brilharam. Deitei-me de bruços e deixei que suas mãos percorressem meu corpo com liberdade e se detivessem em minha bunda. Ele percebeu que eu estava gostando da brincadeira e se atreveu a escorregar a mão pra meio de minhas pernas procurando minha xoxota. Então eu abri um pouco as pernas e deixei que ele acariciasse a boceta por ciama do biquíni. Eu já estava molhada quando me virei e sentei-me a seu lado e coloquei a mão sobre o volume que se formara em sua sunga.

-Nossa! Como seu pau ta duro, Betinho- Disse eu acariciando seu pau.

- Toda vez que eu te vejo fico assim.- Disse ele meio encabulado.

Eu me aproximei devagar e o beijei na boca, demoradamente. Seu pau estava quase explodindo a sunga. Então, eu me levantei e o levei pela mão até o kiosque da churrasqueira para fugirmos de algum olhar curioso e lá nos beijamos à vontade. Baixei seu calção e o cacete pulou para fora como um boneco de molas. Não é muito longo mas é bem grosso.

Encaixei aquela tora entre minhas pernas e continuei a beijá-lo na boca, enquanto ele se movimentava freneticamente, esfregando seu pau em minha bocetinha por cima do biquíni como se fosse um cachorro no cio, até que, sem aguentar mais, ele explodiu em gozo ejaculando no biquíni e em minhas pernas.

Toda lambuzada e com esperma escorrendo entre minhas pernas, continuei a beija-lo e ele continuava com o pau duro.

- Nás dois vamos ter que tomar uma ducha – disse eu e o arrastei para o chuveiro frio que fica perto da piscina.

Rapidamente nos lavamos, mas, mesmo em baixo do chuveiro frio, não conseguimos parar de nos esfregar um no outro, pois o tesão era enorme.

-Você já transou ?- Perguntei

-Lágico que já !- Disse ele, mas percebi que era mentira.

Sem dizer uma palavra, o peguei pela mão e o levei para meu quarto, fiz com que se deitasse na cama e apliquei uma bela chupeta naquela tora grossa e dura como aço.

Depois, muito languidamente, como num strip tease, me livrei do biqueini, me coloquei em cima dele, encaixei seu pau em minha xoxota, e sentei, bem devagar, deixanda que aquela pica entrasse, maciamente pra dentro de mim, enquanto ele abocanhava avidamente meus seios.

Eu o cavalguei, deliciosamente, ora bem lentamente, ora acelerando os movimentos levando o ao delírio. Os únicos sons que se ouviam no quarto eram os de nossos beijos, gemidos de prazer e as molas da cama que rangiam compassadamente.

Quando percebi que ele estava quase gozando, perguntei se ele queria vir por cima e ele disse que sim. Então eu me deitei e abri bem as pernas, ele se ajeitou entre elas e meteu com força aquele pau pra dentro de mim. Gozei como louca sendo comida por aquele rapaz vigoroso. Ele ejaculou forte, inundando-me as entranhas com sua porra quente.

Naquele dia transamos a manhã toda. Mas essa transa eu não contei pro Cláudio. O Betinho ficou sendo meu amante secreto de todas as manhãs.

E-mail pra contato é [email protected], se você gostou entre em contato comigo para que possamos trocar idéias. Bjs e até a práxima.





VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Minha sobrinha pediu para eu dar um shortinho de lycra pa ela usa sem calsinha para mim contoscontos de inxesto como o meu marido não me notava então eu fiquei dando mole para o meu irmão para ver o que ia acontecerContosvireitravesticonto erotico com baixinha da bunda grandecontos eróticos me surpreendeu na casa de swingcontos eróticos Levei minha esposacontos eróticos no azilo convelinhoscaminhando e disfarçadamente batendo uma ounhetinha pro namoradoConto erotico marido vé garotomedico contos eroticosbunbum malhados pornopivete de penes de fora e tocando puietaconto erotico silicone .novo da mamaeEdna A tia da minha esposa contos eroticoso pai da minha namorada me comeu gay contosver filme porno com massagista se a susta com o tamanho da piroca do clientes e pede para tocar uma pueta e pede para ela bater um pueta ele goza na boca de deladei pro meu genromamado no papai contosconto eroticos maduras e filhas na putaria caralhudoscontos eroticos elisangela cunhadacontos eroticos, meu rabo gostosogenro da piroca grossa deixa sogra doidinha,contos e relatos eroticosacademia eroticasou uma mulher casada mais adoro trai meu marido adoro da minha bucetinha meu cuzinho a outro homem e tambem adoro chupamenino bateno puheta pos amigo no riosinhomim mastrudo dia sou mulhe contoscontos eroticos de irmã chupando pinto pequeno do irmão novinho de idadeFoderam gente contos tennsestuprada pelo chefe chantagistas(porno)contos eróticos mamarexibindo a esposa xonto eroticosexo com renata crentinhacontos gay cunhado marido da minha irmaContos eroticos de podolatria com fotos chupando pes de mulheres desconhecidascontos de mulher casada foi no baile funk com minha filhaContos com comecei a usa fio dental e dar o cuzinhocontos mulher que coloca silicone no seiomeu tio me vendeu conto eroticosmamae titia meu primo e eu na praia de nudismo contos eroticosamigo de infancia negro e roludo dominou a minha esposa novinha e a mim...virei chifrudo e viado contoscontos eroticos extremocontos eróticos novinha gostosa d********* para o primo gordinhocontos eroticos estupradas por animaiscontos eroticos de enteadasConto erotico corno quer ver pau groso do outro homem rasgando o cu da esposacasa do conto erotico velhascoroas enxutas se masturbando com tocas na cabeçacontos eroticos Itapetiningatitio tirou meu cabaço aos nove anos doeuver dvd porno homems chupa bucetas de baicho da mesa tira calcinha do ladomeu amigo chantagia minha mãe. conto eroticotetudas sogras ninfentas contoshistorias de meninas que se masturbaram enfiando cenouras no cu e na checacontos eroticos comi a corretora gordinhax vídeo mulher da cu virgema outro antes de da marido conto eróticoscontos eroticos a patricinhacontos erótico comadre desmaiou contos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos afastei a causinha da mamae enguanto ela dormiaContos eróticos dei a bucetinhaconto esposa se transforma na casa de swinga amiga da minha prima conto erótico contos de cú de irmà da igrejaarrombado; contos gayhistorias eroticas com saúnas masculinasconto erotico pm macho batalhão estocadascontos de negros taradoscasada dando pra cinco contosContoseroticos novinha magrinha virgem estupradas pelo tiocontos erotico ela trai o maridocontos o pau do meu genrocontos eroticos minha esposinha e o inquilino velhoConto erotico dei leite na boca da filhingacontos de cú por medocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontis eroticos quero mamar no peitinho.contos dei minha buceta para o novinho pauzudo na pescariacontos eroticos teens eu baixinha i peituda com meu tio no carrominha tia querida bota roupas curtas e eu fico com tesão doido pra comer ela mais tenho vergonha o q façocontos eroticos chantagiei meu padrastoMinha mulhet quer encher a buceta de carne negra contosa magrelinha de rua contos eroticosconto eu e minha noivaminha prima mim pegou dando uns amassos na minha namorada conto eroticoConto erotico dei menstruadahistorias de sexo eu e minha madrasta bia de rabocontoseroticosasmeninas contos eroticos casada que mete com mendigohttps://tennis-zelenograd.ru/mobile/conto_18110_comendo-a-sogra.htmlme comeram contos teencontos eróticos porra escorrendo coloco papel higiênico na calcinhacontos erótico minha irmã e eu no motel como tira pedra da teta sem para de tanto se matusbartitia fala pra mamae que tem vontade de fazer anal contos