Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A PRIMEIRA VEZ É INESQUECÍVEL

O dia está começando para Maylla. Ela é acordada ao som da música Proibida pra mim. É uma música feita para acordar qualquer pessoa de um sono profundo. Em seguida, levanta, calça os chinelos e veste um roupão. Sim, Maylla dorme nua desde que tinha oito anos.

Chega à cozinha, toma seu café e segue para o banheiro do seu quarto. Liga o chuveiro, ascende um cigarro e depois de apagar o cigarro entra para o primeiro banho matinal. Ela se limpa toda, passa sabão em todo o corpo e fica rebolando ao som de música trance.

Terminado o banho, segue para o quarto onde veste um vestido curto de cor preta e calça sandálias pretas para combinar. Elegante, ela ascende outro cigarro ao entrar em seu carro. Sai de casa e segue para uma clínica de estética a qual pertence a uma amiga. Maylla ganhou um dia para conhecer todos os serviços.

Meia hora depois, chega à clínica e surpreende-se é um spa que oferece todos os serviços que ela tanto quer. Ao entrar na clínica, ela se identifica e é recebida pela sua amiga, Sarah. Cumprimentam-se e vão conversar no escritário dela. Maylla fica impressionada com a organização da clínica e conhece todos os serviços que irá fazer. Toma ciência de que tudo será feito na maior privacidade.

O primeiro serviço será a depilação de todo o corpo. Maylla é acompanhada até o segundo andar e entra numa cabine. Escolhe cera quente para fazer a depilação. Tira o vestido, ficando completamente nua. A depiladora entra se apresenta e começa a passar cera nela. Maylla gosta da idéia de não pagar nada e apenas fica conversando com a depiladora. Depois das pernas, as axilas são depiladas, braços. Chegou à hora do contorno. Maylla odeia pêlos e manda os arrancar. É a parte dolorida, mas ela nem liga para dor. Logo, ela está toda lisa. Vira de costas, os pelos das nádegas e do ânus são arrancados. Maylla adorou sofrer está lisinha pronta para transar.

Apás a depilação, Maylla ganha um roupão preto e chinelos descartáveis. Vai até a sacada aproveitar o dia ensolarado, fuma dois cigarros e volta para clínica. Antes, ela havia tomado um café. Agora, Maylla vai fazer um peeling com hidratação corporal. A hidratação é feita com chocolate. Ela adora. Na cabine, Maylla coloca o rádio na estação que gosta e aproveita para dormir. Ela ficou tranquila, pois a roupa e bolsa estão guardadas no guarda-volume. Uma hora depois, ela é acordada. Vai ao banheiro e depois volta para fazer uma massagem relaxante em todo o corpo. Maylla não tem medo ficou nua na frente da massagista e relaxou.

Agora, foi a hora de fazer escova no cabelo para ficar mais liso, retocar a tinta e fazer as unhas enfeitadas. Maylla adorou. Estava sendo tratada como se fosse uma princesa. Tudo de graça. Ela pintou as unhas de vermelho e adorou o novo penteado que fizeram para ela.

A tarde estava chegando e a fome estava batendo. Para terminar a manhã dela na clínica. Maylla foi maquiada e ganhou um vestido curto da cor branca. Do jeito que ela gosta. O vestido não era muito decotado, mas ela adorou, o lado sensual dela foi mostrado. Junto com o vestido ganhou uma corrente de ouro. As sandálias que tinha combinavam com o vestido, mas ganhou um salto alto de presente. Tudo foi oferecido por Sarah.

Terminada a manhã, Maylla agradeceu a Sarah com um beijo molhado. Entretanto, a manhã não acabava. A tarde se iniciava e as duas foram para um restaurante. Comeram bem e se embebedaram. Sim, tomaram sozinhas três garrafas de vinho. Sarah pagou a conta e ambas saíram do restaurante de mãos dadas.

Sarah levou Maylla para a sua casa. Lá ambas trocaram de roupa. Vestiram apenas um baby loock sem roupa de baixo. Ficaram fumando e bebendo a tarde toda. Estavam se divertindo muito. Maylla não sabia como agradecer.

Maylla e Sarah estavam bêbadas. A consciência não estava com elas. Ambas sá dançavam freneticamente. Beijos rolavam e continuavam rolando. Sarah é lésbica assumida. É casada com a Lívia faz três anos. Maylla é heterossexual, mas beija mulheres faz tempo.

Antes de a ressaca chegar, Sarah levou Maylla para tomar banho de hidromassagem. Elas tiraram as blusas e entraram na banheira. Aconteceu o que elas não esperavam. Elas começaram a transar na banheira, Sarah começou a chupar os seios pequenos de Maylla que sá sabia gemer. Maylla levanta e tem o grelinho chupado. Maylla continua a gemer. Não sabe fazer outra coisa além de gemer e beijar.

Logo elas continuam a farra na cama de Sarah. Bem confortável, é a vez de Maylla ser a comandante da brincadeira. Maylla começa pelos seios de Sarah. Pela primeira vez, ela está chupando um seio grande e não o apalpando. Adora chupar, mas se divertiu quando foi chupada no grelinho. Gostou tanto que gemia. Sarah atendia todas as vontades dela. Elas transaram aproximadamente uma meia hora na cama e pelo menos vinte minutos na banheira.

Maylla acaba pegando no sono. Sarah a coloca noutro quarto para dormir bem. Junto com seus pertences. Sarah aproveita o sono profundo de Maylla e contou tudo para Juliana. A esposa de Sarah adorou a histária e mandou repetir. Mas Maylla não acordava.

Na tarde do outro dia, Maylla acorda e vê Sarah fumando na sala. A cumprimenta e diz que sá lembra do banho na banheira. Ela não se lembra de nada. Sarah não escondeu a histária. Revelou o segredo. Maylla ficou pasma sem reação por dois minutos. Logo, ascendeu um cigarro e sentou ao lado de Sarah. Revelou mesmo não se lembrar devido a alta dose de álcool que tomaram. Sá diz que lembra dos beijos que trocaram dentro da casa.

Maylla continuava passada. Não conseguia lembrar dessa primeira transa lésbica dela. Revelou que não sente a menor vontade de voltar a fazer isso. Sá que para falar que transou com Sarah, ela estava disposta a repetir.

Voltaram para a cama. As blusas foram tiradas. Maylla começou a beijar, deitou a Sarah e a beijava logo. Como uma criança ganhou leite do peito de Sarah. Maylla gostou e desceu. Na vulva, ela passou a língua igual a um homem passa nela. Passou até cansar e voltou para o peito grande no qual encostou o peito pequeno dela. Uma experiência boa para Maylla. Estava consciente e era o que queria. Logo, as duas já estavam intimas. Maylla pediu algo para por entre as pernas. Sarah colocou um vibrador e ela foi devorada. Ficou cavalgando com uma mulher, fora os beijos apaixonados que trocavam. Elas se divertiam.

Depois de quarenta minutos transando. Sarah deu um banho em Maylla na hidro. Maylla tomou um banho de criança com produtos infantis e ambas fumaram dois charutos cubanos no banho. Não deixaram apagar.

Maylla foi enxugada e vestiu a mesma roupa que ganhou. A despedida foi com um beijo romântico. Ela agradeceu a paciência e tudo que ganhou de Sarah. Entrou em seu carro e partiu para a sua casa.

Maylla não irá esquecer tão cedo como foi a sua primeira vez. Prometeu guardar segredo e ele será cumprido. Sá ficou pensando qual seria a reação da esposa da Sarah.

Elas mantiveram o contato. A amizade foi mantida, apesar da distância. Maylla continua a mesma pessoa. Sá que agora, ela não é mais virgem nos dois sexos já transou com ambos.



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


batendo punheta no cavalo contos eroticoscontos filha foi pescar com pai e foi arrombada na barraca no escurocontos eróticos gay marombascontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos minha mae bebada e fodacontos de incestos quebrei a pernameu marido fez eu ultrapassar tds os limites contos pornosnora putacontosminha tia chegou bebada e eu vi ela pelada oq eu façoconto erotico .com lycramae e filha de fio dental na praia e do padrasto contoamiga gostosa quebrando o galho me mostra a bucetinha pra eu mastubarvedio porno torcado pau no cu safado velhos dormindo novinhaminha tia me fez um footjob contos eroticosdei minha buceta pro traficanteensinei minha filha a transarContos eroticos de podolatria com fotos chupando pes de empregadas dormindoEncoxador contosGozei na mao da mamae contoConto erotico sou madura e lesbica com filhacontos eróticos de minininhas que adorava ser abusada dormindorelatos eróticos dei aos noveContos a amiga putinha da minha namorada contos de boquete bom de primos e primas novinhoscontos putas incesto comendo minha mamãe na fazendatravesti adoro calcinhas fio dental e o vibrador da minha irma contor sou homemcontos sexo meu irmao rasgou o meu cucontos bem quente de casada e sua intida lesbicacontos eroticos eu e minha namorada com amigos na prai bebadoscontos gay meu paizão comendo o meu cunhadoconto erotico humilhado na festaconto erotico esposa con muita dor n pau d molewueConto herotico em futibolconto gay fui feliz em salvadorcontos eroticos irmabanhocontoeroticoeu e minha namorada senpre transamos logo que acordamos contos eróticosContoerotico descabaçando meninas de seis a doze anosfilha desfilha de calcinha na frente do pai e leva pau no cucontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eroticos de padrastos que fuderam enteados homensvideo de morena clara casada traindo com um bem dotado acima de 22 cmcontos eroticos de irmã chupando pinto pequeno do irmão novinho de idadeConto erotico sou madura greludaMeninas mamando no swing contoseroticosCalça suplex contosexo conto na baladaesposa e pintudo e corno olhando tristeConto carona de trabalho leva amiga da minha mulherconto amor de cornocontos eroticos de novinhas sem calcinhaMeninas novinhas de onze e doze perdendo a virgindadecontosconto bricano com o primho de escondercoroas ponheteiras e chuponasSou gay e tranzei com um travest contos eroticocomo convenci minha filha me dar sua virgindade conto eroticoMULEKAO METENDO A ROLA EM UMA NEGONA COROA DENTRO DO CARROconto erotico com filhinhahttp://tennis-zelenograd.ru/conto_8496_a-salva-vidas-e-o-garotinho.htmlcontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaContos pornos-esporrei na comida da cegaO que e aclauzavamos a mulher Helena chupando sua filha com mulher mulher mulher mulher mulher mulher com mulher chupainquilino viu as minhas calcinhas contos eroticoContos eroticos minha esposa foi molhada e revelou seu peitos no churrasco de casaconto erotico gay viado tem que tomar no cu sem reclamarcontos erotico estupro maeConto erotico sou madura e vadiacdzinha feminizadaconto e foto da Branquinha casada e g*****Casada viajando contoscontos clara minha putiacontos de punheta com botascontos eroticos dei para o namorado de minha maecontos eroticos primeiro empregocontos eroticos de casais realizando fantasia com comedorO amigo dele me comeu contoscontos saco inchado incestoViciada em siririca contosbrinquedos eróticos para estender o buraco do anusmulher massagista escorregar o dedo na xota da clientecontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casafodacommeucunhadocontos eróticos comi minha quando ficamos só em casacontos eroticos iniciando nudismoNovinha Bebi porra do meu amigo contocontos eróticos meu filho virou trqvestir porno club contos eroticos de meninos gaysMinha mae é puta assumida contosfiquei olhando o travesti encoxando meu marido no onibuscontos eroticos trair meu marido no puteirocontos de incesto onde tio coloca sobrinha de nove anos no coloMe comeram ao lado do meu namoradostrip poker contocontos eroticos moleque e esposacontos inserto fatos reais gay