Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ENQUANTO A ESPOSA VIAJA...

Sou um leitor antigo deste site mas hoje vai ser meu primeiro conto. Espero que gostem.

Sou branco, 1.90m, nem forte nem fraco, coxas grossas, estilo serio, uso oculos e dizem que sou bem dotado.

Minha esposa viajou para outra cidade ah um mes, e por estar formando no fim deste ano tive que ficar. depois de um mes sem sexo acabei ficando muito carente e como uma ex namorada ficou me ligando durante esse tempo com a desculpa de estar com saudade, reunir os amigos e etc. resolvi aparecer na casa dela.

em uma sexta depois de sair de uma aula chata estava com muita vontade de transar, ja estava mais de um mes sem nenhum sexo e o pior que tinha isso dia sim dia nao com minha esposa. estava passando por um mal tempo. entao liguei para a "linda" e perguntei o que ela estava fazendo e se pudia encontra-la. ao chegar na casa dela fui convidado a entrar e descobri que sua filha estava na casa do vizinho jogando e iria demorar algumas horas. fomos direto para o quarto dela e deitamos um ao lado do outro sem o menor sinal de tesao, eu como sempre esperei uma reacao dela para mostrar minha real intensao. ela estava maravilhosa de vestidinho solto e curtinho, o que ao deitar deixou suas pernas amostra o que me deixou com muito tesao, ficamos conversando sobre velhos amigos, saidas, encontros e desencontros... ate que cheguei perto do rosto dela e parei esperando sua reaçao ao que fui prontamente atendido com um beijo molhado, ficamos nesse beijo molhado e gostoso, alternando entre mordidas e chupoes ate que levei minha mao as suas coxas, nesse momento ela pareceu relaxar e soltar seu corpo abrindo levemente suas pernas, continuamos beijando hora forte e com sofreguidao hora suave sentindo cada centimetro dos labios e linguas. fui subindo a mao ate chegar em sua bunda e por baixo do vestido apertei e passei apenas a ponta dos dedos deixando ela toda arrepiada, enfiei o dedo na sua rachinha e percebi que sua calcinha estava enxarcada, ela gemeu gostoso e mordeu meu labio, senti meu pau latejar dentro da calca, ela pulou em cima de mim e com grande maestria tirou minha calca jeans, nossos corpos estavao em braza, sentia o cheiro de tesao no ar, tirei seu vestido e chupei com grande vontade os seios, lambendo cada pedacinho e quando chegava nos bicos dava mordidinhas alternado os seios, enquando mordia e chupava um apertava o outro com a mao, ela precionava sua chaninha molhada contra meu pau e gemia gostoso, falava em meu ouvido que nunca tinha me esquecido e que hoje ela ia dar um show de buceta, ela beijou minha boca e foi descendo lentamente me chupando todo ate chagar no tao desejado e brincou com ele , chupando e lambendo dos lados , enquanto isso ei fazendo um movimento de vai e vem com a mae fazendo me contorcer de prazer, comecou a lamber meu saco, chupando minhas bolinhas, pegou meu penis bem na base e colocou ele na boca com muito carinho, como se fosse um sorvete delicioso na boca e comecou lamber a cabecinha, continuou chupando e falando que era isso que gostava de uma rola dura na boquinha, se eu gostava de fuder a boca de uma putinha e que hoje ela ia me dar um presente. puxei ela novamente para cima de mim e deitei ela na cama, tirei o resto de minha roupa e comecei baijando sua boca puxando seu cabelo, desci para seu pescoco e comecei a morder, ela passava suas unhas em minhas costas e falava , chupa sua putinha, chupa, desci para seus seios e chupei com forca cada um desci para sua barriguinha e lambi cada cm, ela se contorcia desci mais um pouco e comecei a tirar sua calcinha enxarcada com os dentes... ela abriu as pernas e falou me fode, por favor me fode, ai falei que agora era minha vez de brincar, lambi sua virilha esquerda, bem pertinho de sua raxa depois lambi a direita, ela puxou meu cabelo forcando minha boca em direcao a sua grutinha, entao passei a lingua de baixo para cima e ela soltou um gemido longe e profundo, pude entao sentir o sabor daquela mulher, gostoso sabor de puro tesao, enfiei a lingua fundo e depois subi ate seu grelinho e fiquei brincando com a ponta da lingua, ela puxou meu cabelo mais forte e fechou suas pernas, em outro grito ela gozou na minha boca melando toda minha cara com seu gozo, enquanto ela gozava eu continuei chupando sua xoxotinha com forca. ela se jogou na cama e eu pulei em cima dela e beijei sua boca com muito amor, ela ao sentir o proprio sabor pareceu despertar novamente e me puxou com forca o que me fez enfiar tudo de uma vez em sua raxa e como estava mais do que lubrificada entrou sem a menor resistencia. ela gemeu gostoso com uma mao segurei o seu cabelo e com a outra a abracei e segurei seu ombro enfiando minha pica em sua xota num ritmo rapido e com força, ela respirava muito forte e falava palavras que eu n conseguia entender,continuamos assim ate que diminui o ritmo, ela virou de costas e continuei enfiando fundo dando estocadas ate sentir sua bunda encostar em mim, a cada estocada ela gemia forte, e mordia o traveseiro, ate que ela comecou a forcar seu corpo contra o meu e explodiu em um novo gozo cheio de paixao, gozou tanto e tao forte que melou ate minha barriga. sai de dentro e ela pediu para ficarmos em pe, ela apoiou suas maos no guarda roupas e empinou sua bundinha e falou agora e sua vez, fode meu cuzinho , eu nao acreditei , pois ninguem nunca tinha feito isso comigo, ninguem tinha tido coragem, sem esperar ela se arrepender baixei e dei uma lambida e cuspi bem em cima daquela florzinha que iria arrombar, segurei em suas ancas e apontei o rapaz e a cabeca entrou facilmente ela estava muito melada e com muito tesao, ela falou agora enfia logo, empurrei mais um pouco e ela estremeceu toda, agarrei com forca e ela gritou, enfiei todo ate encostar o saco em sua bunda, ela entre tesao e prazer pedio p ficar parado assim ate se acostumar , e depois de uns cinco min, comecei um vai e vem lento ate que n encontrei mais nenhuma resistencia e senti ela jogando seu corpo contra o meu , comecamoc um vai e vem forte, ela apertava meu pau com seu anelzinho agora deflorado, o que em pouco tempo me fez explodir num gozo fenomenal. caimos abracados em sua cama exaustos e suados.

Ela falou que nunca tinha dado a bundinha e que esse era o presente que sempre teve vontade de me dar soh que soh agora teve coragem, fomos tomar um banho juntos e logo bateram na porta. era a filhinha dela que ja tinha voltado para casa.

marcamos de nos encontrar novamente ...

mas essa vai ficar para outro dia.



caso gostem do meu conto gostaria de receber comentarios, quem sabe assim descrevo outras aventuras...



[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos erótico amiga da escolachupando pica abrancando o namorado pela cintura amadorcontos porno 28cmcontos eroticos de enteadascontos gay 3 mendigosmeu primo pegou no meu pau enquanto a gente jogava bola o que eu façocontos eroticos fomos enganados e fodidosconto gay fui abusado no alfanato pelo os fucionariocontos exoticos comi minh minha irma detalhfanfiction contos eroticos de mulher de short de lycra curtoconto. ele me convenceu a da o cucontos de como comi o cú do vizinhopapai encheu minha boca de porracontos porno fiquei apavorada guando o cara me encoxou com meu marido ao ladocontos eroticos swingcontos eróticos afim do papai contos eroticos gisacontos eroticos gay infanciacasa do conto erotico velhascontos eroticos de irmã chupando pinto pequeno do irmão novinho de idadeConto porno vi mamae sendo sarrada no busaodona Florinda abrindo pernas mostrando calcinha pornvirei puta assumida eu confessocontos de coroa com novinhoSou casada fodida contofizemos sexo bi com um estranho contocontos filme com cunhada mostrando a buceta de sainhacontos eroticos minha namorada traindo com meu melhor amigoconto erótico vesti cinta liga pro meu filhocontos eróticos perdi minha esposa para arrumar um amante para elacontos bdsm erposas escrava submissa martacontos eroticos o ventoCasada viajando contoscontos de bichinha dando pra negaovelhos travestis a levar no cu de pretoscontos eróticos fiquei só de calção na frente da babácontossado de submissao realConto erotico gay rasgaran meu cumenina abrindo a buceta saindo gosocontos eroticos casada que mete com mendigoenrrabada por um velho no onibus lotado, contos eroticosvoyeur de esposa conto eroticoxvidio travesti ta duendocontos eroticos de incesto ciumes do filho maes evangwlicas contos incestosincesto contos filho se separa e volta a morar com mae coroacontos gozando primeira vez orgasmo 19 anosestuprada pela quadrilha conto eróticocontos eroticos comendo a prima na casa ao ladopapai rasgando meu cu e da minha irmã conto incestoincentivanda pelo marido contos pornoContos transei com novinho gaywild thermas conto eroticocontos eroticos domia ele cospi nu meu cugozando na submissa deitadame estupraram na estrada contos eroticospodolatria com a mulher do meu amigo conto eroticocontos na festa com meu maridocontos eroticos sobre voyeur de esposavídeo conto erótico com minha filha bem novinha em um ambiente mais do que delíciacontos eroticos castigada ao extremachupei meu amigo hetero contosChupando o peito da priminha gostosa:*conto erotico carona pro sobrinhoContos eróticos de incesto mamae quantas picas gtandes voce quer na bucetona hojecontos a novinha comadre carentecontos eroticos dano banho no primocontos de cú de irmà da igrejacalcinha enfiada na bunda salto alto c dois homens contos gayscontos/ morena com rabo fogosoconto o cachorro que fudia a vizinhacontos dei o cu e saiu merdacontos trai meu marido na viajemContos eroticos danadinha rocadevolvendo esperma no pau do bem dotadoreboladas da titia contos eróticosmulhes baxinha e magrinha pornofiz meu marido virar viado conto eroticoSo uso fio dental enfiado no cu.conto erotico femininoconto erotico incesto sonifero filhacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casarelatos erótico fui amarrada Contos eróticos gay Comido pelo Amigo do meu paiVidio de bucetas emchadas napica grosacontos eroticonovinhasolhei aquele pauzao do cara meu marido nao percebeuconto erotico velho tarado cachorro sou tarado para fuder o cunhadinho afeminadocontos de crossdresser me seduziu e me fez putacontoseroticoscomendo a baba e minha sogracontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacoroa de vestidinho sem calcinha abrindo as pernas para enteado poderpau grande do meu filho contosconto Morro de tesão por meu amigoconto erotico safadesa no cinema com travesticontos eroticos de esfregando o pau na bunda da mamae dormindominha mae deu o cu para o meu irmao na mibha frente contosConto morena 37 anoswww.contos eroticos corona novinho.br